Hacklaviva, no Porto

Souben por sweena que en Olholivre anuncian un Hacklab para este venres 20 de febreiro 2009 no Porto (Portugal).

Quando:        sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009 (desde 18hs até às tantas)
Onde:          Casa Viva! Praça Marquês de Pombal, 167 – 4000 Porto :: Portugal (junto à igreja do Terço)
Mapa:          http://tinyurl.com/hackladonde
Metro:         estação do Marquês

_             __      __               __   __
_   __(_)   ______ _/ /___ _/ /_  ____ ______/ /__/ /
| | / / / | / / __ `/ / __ `/ __ \/ __ `/ ___/ //_/ /
| |/ / /| |/ / /_/ / / /_/ / / / / /_/ / /__/ ,< /_/
|___/_/ |___/\__,_/_/\__,_/_/ /_/\__,_/\___/_/|_(_)

* Sempre DIY! Nunca RTFM! *

É já esta sexta-feira: ali na zona do Marquês nasce um hacklab!

(…)

O Hacklaviva é  um espaço aberto que dá as boas-vindas a quem tenha a curiosidade suficientemente aberta para nos querer vir bater à porta. Falamos de wikis, python, gráficos livres, drupal, wordpress, streaming,
formatos abertos, sistemas operativos, copyleft, peer2peer, áudio livre, pure data, arduino, dyne:bolic, creative commons; e para quem achar estes termos alienígenas, estamos por cá para mostrar que não há nada a temer em procurar formas novas de fazer coisas novas.

Por entre biscoitos open-source, café e chá livres, deathmatches ASCII multiplayer, projecções e playlists de sons criativos e comuns, e conspirações à volta de can-tennas e motherboards, dia 20 a Casa Viva abre as suas portas aos espíritos hacker old e nu-skool, low e high tech, experts e newbies, gurus, gnus e curios@s.

E mesmo sendo recente, o Hacklaviva já tem, para mostra pública, a sua primeira peça de museu: um Apple LC III, o primeiro Macintosh a cores, vivo, operacional e acessível a quem queira matar saudades dos ícones a preto e branco e dos velhinhos screensavers das torradeiras voadoras.

A filosofia é sempre DIY (do-it-yourself), sem medo dos resultados e sem paternalismos nerd — nunca diremos RTFM! (read the fucking manual).

asennadas

Os comentarios están pechados.